Qual a melhor corretora para se investir?

Saber qual a melhor corretora para se investir é uma dúvida comum entre os investidores, especialmente para os iniciantes. Para chegar a uma conclusão, é importante entender bem quais os seus objetivos no mercado financeiro. Essa compreensão irá ajudar a entender qual instituição se adequa melhor ao seu perfil.

Apesar da melhor corretora nem sempre ser a mesma para todos os investidores, existem alguns pontos de convergência. Em suma, a segurança para realizar os investimentos e taxas menores são os principais fatores de análise a serem realizadas. Nesse sentido, pode ser até mesmo necessário dividir o capital em diferentes corretoras.

O que é uma corretora de valores?

Uma corretora de valores, ou corretora de investimentos, é uma instituição financeira que permite aos seus clientes realizar aplicações em diferentes ativos financeiros. Esses ativos podem ser ações, derivativos, títulos públicos e privados, fundos de investimento, entre outros.

A corretora funciona como um intermediador entre o investidor e as instituições onde esses ativos são negociados. Por exemplo, não é possível comprar ações diretamente na bolsa de valores ou títulos púbicos direto no Tesouro Nacional. Portanto, a corretora intermedia essas negociações.

Qual a melhor corretora de valores?

A partir do entendimento de para que serve a corretora fica mais simples analisar qual a melhor corretora de valores para investir. Para realizar essa análise é importante colocar alguns pontos principais para realizar essa análise:

  • Diversidade de ativos disponíveis;
  • Taxas cobradas pela corretora;
  • Segurança institucional da corretora

Diversidade de ativos disponíveis

A variedade de ativos disponíveis é um ponto importante que você deve levar em conta, visto que ter várias alternativas de investimento concede mais oportunidades para você investidor. Em geral, essa diversidade é um ponto mais importante para investidores que aplicam em títulos de renda fixa privados, como LCI, LCA, CRI, CRA e CDBs e também em fundos de investimento.

A diversidade maior de títulos privados de renda fixa facilita para o investidor escolher ativos com diferentes rentabilidades e diferentes prazos. Nesse sentido, é possível inclusive estruturar a carteira com ativos para diferentes vencimentos e, portanto, administrar melhor o nível de liquidez da carteira.

Com relação aos fundos de investimento, uma gama maior de fundos de investimento de diferentes classes de ativos possibilita maiores oportunidades. Há gestores de fundos que disponibilizam seus ativos apenas em algumas corretoras, o que acaba levando essas corretoras a serem mais atrativas que as demais.

Taxas cobradas pelas corretoras

As taxas que cada corretora cobra também podem variar bastante, inclusive pelo fato de que operações diferentes podem cobrar taxas diferentes. As principais taxas aplicadas por corretoras são as seguintes:

  • Manutenção de conta;
  • Imposto Sobre Serviços (ISS);
  • Taxa de custódia;
  • Tesouro Direto;
  • Corretagem;
  • Bovespa

A taxa relacionada à Bovespa é uma taxa cobrada pela própria B3. Dessa forma, essa taxa não costuma ser isenta em nenhuma corretora, visto que é um custo fixo. Já as demais taxas, as corretoras podem ou não cobrar.

A corretagem é a taxa cobrada pela corretora por intermediar a compra de ações. A grande maioria das corretoras de valores não isenta os investidores dessa taxa. Todavia, nos últimos anos algumas corretoras passaram a oferecer esse serviço de forma gratuita.

Em geral, as corretoras dos grandes bancos dificilmente isentam os investidores de qualquer taxa. Em geral, essas corretoras focam nos grandes investidores em relação aos segmentos de menor renda, a rentabilidade do banco é focada no comercial, ou seja em empréstimos, seguros, abertura de conta, etc.

As instituições financeiras cujo foco principal é negociação de valores mobiliários tendem a criar mais atrativos para investidores de todos os segmentos de renda. Dessa forma, costuma ser mais rentável buscar corretoras desse gênero.

Segurança institucional da corretora

A segurança institucional da corretora é algo que você não pode deixar de lado no momento de escolher qual a melhor corretora para se investir. Nesse sentido, o primeiro passo é consultar se a corretora que você deseja investir está registrada na CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Essa instituição é a reguladora do mercado financeiro no Brasil e o registro das corretoras é obrigatório.

Além da CVM, outro órgão importante é a CETIP (Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos). Esse órgão é o responsável os títulos de dívida privada, como LCI e CDBs. Quando um investidor compra esse tipo de título, a corretora automaticamente registra o CPF do investidor na CETIP.

A conferência se o registro da sua compra está registrado na CETIP é primordial, inclusive para segurança do seu capital. Por exemplo, em caso do banco emissor do título ir à falência, o FGC (Fundo Garantidor de Crédito) irá devolver o valor aplicado para você até R$ 250.000,00. Contudo, esse mecanismo só poderá ser requisitado se o título estiver devidamente registrado na CETIP.

Dessa forma, conferir se a corretora efetua corretamente os registros nos órgãos e qual a sua reputação no mercado é essencial. Além disso, para negociação do Tesouro Direto, o próprio site do Tesouro Nacional indica quais as corretora cadastradas e aptas a operar esse tipo de ativo. Assim, como na CETIP, quando há compra de títulos públicos é efetuado o registo no Tesouro Nacional.

Importância do Home Broker

Para os investidores que aplicam em renda variável escolher uma corretora com um bom home broker é essencial. Esse sistema no qual é possível realizar a compra e venda de ações e derivativos pode ser bem diferente de uma corretora para outra.

Além disso, há corretoras que disponibilizam uma versão feita especificamente para smartphones, o que facilita para investidores que não possuem disponibilidade de estar todo o tempo em frente ao computador. A facilidade para operar esse sistema é, sem dúvidas, um diferencial no momento de escolher a melhor corretora.

O home broker tende a fazer ainda mais diferença para investidores que aplicam a partir das estratégias de day trade e swing trade. Como essas operações possuem um prazo menor e principalmente no caso do day trade demandam estar atento ao mercado o tempo todo, um bom home broker pode impactar diretamente nos resultados financeiros.

Há um ranking para escolher a melhor corretora?

Uma forma de ajudar a escolher a melhor corretora é pesquisar sobre os rankings realizados a partir de pesquisas com investidores. Uma forma de restringir a análise é verificar as principais corretoras de valores e analisar se as suas características se enquadram dentro do seu perfil.

Sendo assim, vamos apresentar os principais pontos das principais corretoras de investimento que atuam no Brasil com destaque para: BTG Pactual, XP Investimentos, Easyinvest e Clear Corretora.

BTG Pactual

btg pactual melhor corretora

O BTG Pactual é uma dos maiores bancos de investimento do Brasil e da América Latina. Durante muito tempo esse foi um banco focado em clientes de Private Banking, contudo após a criação do BTG Pactual Digital, o banco passou a oferecer produtos de investimentos através da sua conta digital sem custos e passou a atuar com outros segmentos de renda.

O BTG Pactual sempre foi uma referência em relação à gestão de fundos de investimentos. Dessa forma, é possível destacar que um dos diferenciais para utilizar o BTG Pactual Digital como sua corretora é a grande variedade de fundos de investimento disponíveis e com bom histórico no mercado.

Além dos fundos de investimentos, a corretora do BTG possui uma grande variedade de ativos como Tesouro Direto, COE, ativos de renda fixa como LCI, LCA, CRI, CRA, CDBs. A variedade de opções de investimento também são pontos que pesam a favor do BTG.

Com relação aos custos de corretagem, pode-se considerar que essa corretora possui um custo médio. O BTG trabalha com uma tabela regressiva, sendo que quanto mais operações você fizer menor serão os custos de corretagem. A maior taxa de corretagem para quem opera até 10 ordens por mês é de R$ 7,90 por ordem e a menor para quem opera mais de 500 ordens é de R$ 0,50 por ordem.

XP Investimentos

melhor corretora xp investimentos

A XP Investimentos é a maior corretora de valores independente do Brasil. A segurança institucional da empresa é uma marca da companhia, inclusive com relação a assessores de investimento registrados nessa corretora.

Além disso, um dos pontos de destaque da companhia é a diversidade dos ativos oferecidos. Essa corretora é conhecida por disponibilizar uma variedade grande de ativos de renda fixa privada e também de fundos de investimentos de diferentes gestoras, além de COEs.

Um ponto a ser destacado é que apesar das vantagens essa corretora não é uma das mais baratas em relação às taxas no mercado de renda variável. Por exemplo, a corretagem para compra de ações (swing trade) é de R$ 18,90 fixos. Dessa forma, a depender do valor operado pelo investidor, essas taxas podem impactar a rentabilidade.

Contudo, os investimentos nos demais ativos, como títulos públicos, títulos privados, bem como outras taxas como manutenção e custódia também são isentos nessa corretora. Em geral, a XP é escolhida por investidores que aplicam em fundos de investimentos e também para quem possui uma carteira bastante diversifica em relação à classes de ativos.

Easyinvest

melhor corretora easyinvest

A Easyinvest é uma das corretoras mais comentadas no mercado financeiro brasileira. A corretora possui largo histórico operando no Brasil, o que aumenta a confiança dos investidores em aplicar o seu capital nessa corretora.

Além disso, a empresa figura sempre entre as principais empresas em negociações do tesouro direto. Com relação a custos, a companhia possui preços considerados baixos de taxas, visto que isenta os investidores de taxas de custódia, manutenção e para operação de títulos de renda fixa de forma geral.

Com relação às taxas de corretagem, a empresa no ano de 2020 praticou o preço de R$ 2,49 por ordem no mercado fracionário e R$ 4,99 no mercado padrão, tanto para ações como para opções. A corretora ainda isenta seus clientes de taxas para negociação de ETFs e Fundos Imobiliários.

Clear Corretora

melhor corretora clear corretora

A Clear Corretora é uma corretora que faz parte do Grupo XP Investimentos e o principal atrativo dessa corretora é justamente o valor das taxas. A Clear isenta os investidores da taxa de corretagem, o que faz com que as operações realizadas nessa corretora tenham apenas as taxas aplicadas pela Bovespa, como taxa de liquidação emolumentos.

Em geral, com exceção do mercado de renda variável, a Clear conta com poucos produtos disponíveis com relação a outras classes de ativo. Dessa forma, em geral, os investidores que escolhem a Clear acabam escolhendo também outra corretora de valores maior para investir em outros ativos como fundos de investimentos.

Considerações finais

A escolha sobre qual a melhor corretora para se investir demanda um pesquisa prévia do investidor mas que pode facilitar bastante a gestão dos investimentos. Nesse sentido, ressalta-se que é importante traçar bem qual o perfil de investimento a ser realizado e qual corretora se encaixa melhor nele.

A melhor corretora nem sempre é a mesma para todos os investidores e pode ser necessário até mesmo abrir conta em mais de uma corretora. Dessa forma, é importante mesclar segurança, diversidade e baixos custos para escolher uma opção.

Por James Grenfell (Green)

Desde os 18 anos de idade vem trabalhando no meio de investidores na Bolsa de Valores, e com isso adquiriu muito conhecimento com a convivência. Hoje James Green tem 32 anos, é investidor, colunista em portais econômicos e possui seu próprio canal no YouTube, onde passa seu conhecimento para o máximo de pessoas possível. INSTAGRAM: @jamesgreenoriginal FACEBOOK: @jamesgreenoficial YOUTUBE: /jamesgreenoriginal

Posts Relacionados

Taxa Selic: O que é e como funciona

Por James Grenfell (Green)

O que é CDI e como essa taxa impacta os investimentos?

Por James Grenfell (Green)

Debêntures: O que são e como funcionam esses ativos?

Por James Grenfell (Green)

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *